Preenchimentos Faciais

O que é?

Preenchimentos FaciaisTrata-­se de uma técnica de rejuvenescimento através da injeção de substâncias* temporárias ou permanentes na pele para preenchimento dos sulcos ou aumentar partes do rosto. As principais indicações são para correções faciais, definição do contorno facial e mandíbula, aumento de queixo, diminuir sulcos que se acentuam com a idade como sulco naso geniano, sulco da “marionete”, “olheiras”, aumento de lábios entre outros.

O que é e como funciona os preenchedores faciais?

A nossa pele, quando jovem é caracteristicamente lisa e elástica. Contém um biopolímero, que é uma substância que preenche os espaços entre as células. Com o avanço da idade esta substância diminui, diminuindo também a hidratação e elasticidade da pele, o que contribui para o surgimento de rugas, perda do volume facial e aparecimento de sulcos como o naso genianao, sulco da “marionete, “olheiras”, queda das bochechas, entre outros sinais. É uma substância *presente no organismo de todos os animais e encontra­-se em todos os órgãos do nosso corpo, em diferentes proporções, sendo que a pele contém 56 % do total.,sendo normalmente produzida e degradada de forma cíclica. Como método terapêutico, pode ser obtido a partir de animais ou de forma sintética. A forma sintética tem grandes vantagens, uma vez que permite a sua produção em escala industrial e não provoca reações alérgicas, sendo a forma que utilizamos em nossa Clínica.

Como é realizado na clínica?

Na clínica só utilizamos preenchedores temporários, no caso o produto é o biopolímero líder de mercado mundial, com mais estudos científicos que comprovam a sua eficácia e segurança. O procedimento é feito através de injeções da substância após anestesia tópica , de forma específica sendo os locais tratados na face, quantidade e apresentação do produto conforme o caso de cada paciente, de forma a “esculpir” a face de forma mais harmônica e natural possível. As reações que podem ocorrer são alguma vermelhidão no local, pequeno inchaço ou leve sensibilidade local. Porém quando ocorrem essas reações, elas são, em geral, pouco acentuadas e tendem a sumir em algumas horas. Sua duração no organismo varia de acordo com a área tratada, da apresentação do produto utilizado e do metabolismo de cada paciente, podendo variar em média de 9 meses até 2 anos.

* Seguindo as regras que regulam os sites de busca ,não podemos citar o nome da substância (produto) ,o laboratório e o nome comercial da mesma.

Voltar

MENU